Notícias
Você está em: Universidade Paulista / Notícias / Vice-reitor da UNIP passa a ser Acadêmico Titular da Academia Paulista de Educação

Vice-reitor da UNIP passa a ser Acadêmico Titular da Academia Paulista de Educação

O teatro da UNIP Paraíso teve a honra de sediar, em 11 de maio, a sessão solene que deu posse a dois novos membros titulares da Academia Paulista de Educação (APE). Os condecorados foram o professor Fábio Romeu de Carvalho, vice-reitor da UNIP, e o professor Carlos Rolim Affonso.

 

De um total de 40 cadeiras – cada qual com seu respectivo patrono –, Fábio Romeu de Carvalho foi eleito em setembro de 2016, passando a ser Acadêmico Titular da Cadeira Nº 4, e Carlos Rolim Affonso, eleito um mês antes do mesmo ano, tem a Cadeira Nº 24.

 

As homenagens foram rendidas, na UNIP, por um público de, nada menos, 500 convidados. No palco, uma mesa abrigou renomadas autoridades na Educação, como os professores João Carlos Di Genio, reitor da Universidade Paulista – UNIP, Reinaldo Polito, presidente da Academia Paulista de Educação, Hubert Alquéres, vice-presidente da Câmara Brasileira do Livro, Flávio Fava de Moraes, ex-reitor da Universidade de São Paulo (USP), Teresa Roserley Neubauer, ex-secretária da Educação do Estado, além de diversos acadêmicos da APE.

 

Como simbologia, cada homenageado recebeu uma medalha, cujo desenho inspira-se no quadro Poema à Virgem Santíssima, de Benedito Calixto, em que representa, na areia da praia de Iperoig, o Padre Anchieta escrevendo um poema a Maria, de quem era devoto. Inspirados nesse quadro, os acadêmicos fundadores da Academia Paulista de Educação criaram a Medalha da Academia, que leva a frase: Sapientiam Praestans Parvulis, isto é, “Ensinando a ciência às crianças”. A condecoração é dada a profissionais que se destaquem em sua área de atuação e que deem irrefutável contribuição no âmbito educacional. “Ela traduz um reconhecimento da sociedade àqueles que dedicam sua vida ao ato de educar e, juntos, sob a mesma perspectiva, possam usar a experiência adquirida na formulação de propostas inovadoras para melhorar o ensino no Estado de São Paulo e no Brasil.”

 

De fato, Fábio Romeu de Carvalho tem sua história pautada no ensino: é doutor em Engenharia de Produção, mestre em Filosofia, especialista em Avaliação no Ensino Superior, graduado em Engenharia, Matemática e em Pedagogia, além de ter feito o curso de Oficial da Reserva do Exército (CPOR) e ter doze livros e mais de vinte trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Filho caçula de uma família de sete irmãos, nascido e criado na zona rural da cidade de Consolação, em Minas Gerais, sua história no município paulistano teve início em 1961, aos 17 anos, quando se mudou para São Paulo para estudar Engenharia Elétrica na Escola Politécnica da USP. Aos 19, passou a ensinar Matemática, Física e Desenho. Recém-formado, em 1966, começou a lecionar Física no Curso Objetivo, que havia sido inaugurado.

 

Na década de 1970, graduou-se em Matemática e em Pedagogia, fato que logo o levou a ocupar cargo diretivo no Objetivo. Mais tarde, foram implantadas as Faculdades Objetivo e, em pouco tempo, passou a ser diretor dessas faculdades. A partir de então, começou a desenvolver sua carreira acadêmica, participando, inclusive, da comissão de reconhecimento que transformou, em 1988, as Faculdades Objetivo em Universidade Paulista UNIP.

 

Com isso, Fábio Romeu foi designado a ocupar os cargos de diretor do Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia (ICET) e de vice-reitor de Planejamento, Administração e Finanças. Em 1998, concluiu o Curso de Especialização em Avaliação no Ensino Superior, pela Universidade de Brasília (UnB); em 2000, o Mestrado em Filosofia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP e, em 2006, o Doutorado em Engenharia de Produção pela Poli/USP. Em suas pesquisas, desenvolveu um método para tomadas de decisão com base em lógica paraconsistente, que lhe rendeu publicações e prêmios internacionais.

 

Além da comenda, o vice-reitor da UNIP é donatário dos títulos de Cidadão Paulistano e de Cidadão Goianiense, mais alta honraria das Câmaras Municipais de São Paulo e de Goiânia; recebeu por duas vezes o Best Paper Award em congressos internacionais e também se orgulha de ser o patrono do “Prêmio Fábio Romeu de Carvalho”, concedido anualmente, desde 2005, aos dois atletas, um masculino e um feminino, às revelações do ano nas equipes da UNIP.

 

Igualmente destacado como educador, além de psicólogo e administrador, Carlos Rolim Affonso tem mais de 50 anos na docência universitária, na prática profissional, na administração e na direção de órgãos públicos e de fundações voltadas à seleção e ao desenvolvimento de Recursos Humanos. É dele, inclusive, o mérito de ser um dos criadores dos primeiros cursos de especialização na área. Não bastasse isso, Rolim é atuante nos cursos universitários nacionais e internacionais de Educação a Distância, além de ter sido um dos promotores da regulamentação da profissão de psicólogo no Brasil. Em missão oficial ao Uruguai, desempenhou a função de Consultor da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).

Professor Rolim atuou também no Departamento de Águas e Esgoto do Estado de São Paulo (DAE), na criação do Instituto Henry Pieron, na Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), entre outras entidades congêneres.

O acadêmico é autor de vários livros e artigos em prestigiados jornais de circulação nacional, nos quais tem focalizado a importância do fator humano nas organizações e na sociedade em geral (Fonte APE).



© 1999-2017 - Universidade Paulista - Todos os direitos reservados.